domingo, abril 21, 2024
spot_img
spot_img

Top 5 This Week

spot_img

Related Posts

13 pontos importantes sobre sua guarda que você deve sempre lembrar

13 pontos importantes sobre sua guarda

13 pontos importantes sobre sua guarda que você deve sempre lembrar.

Uma lista de verificação sobre a qualidade da sua guarda em golpes

Este post não é para explicar os tipos de guarda que você precisa conhecer e usar, mas é uma lista de verificação sobre a qualidade da sua guarda, independentemente do tipo.

Estes são elementos comuns na guarda que devem estar sempre presentes!

Eu só quero que você preste atenção a esses pontos que são essenciais qualquer que você decida usar.

Um breve detalhe sobre os tipos de guardas.

Existem diferentes tipos de guardas:

Guarda Tradicional (Ortodoxa):

A guarda tradicional ou ortodoxa é a primeira que é ensinada.

Para um boxeador destro, a perna e o braço esquerdo estão em uma posição avançada com o braço ligeiramente dobrado, enquanto o braço direito descansa com a mão para proteger o queixo e o resto do membro para defender o tronco.

Quando um boxeador canhoto adota a guarda tradicional é chamado de “canhoto”.

Em alguns casos, um boxeador destro pode adotar essa guarda porque, por exemplo, oferece a possibilidade de realizar um direto particularmente poderoso, já que é lançado com a mão dominante, ou para surpreender o oponente.

  • Este é o guarda básico e o mais comum no boxe.
  • Para um boxeador destro, a perna e o braço esquerdos estão na posição anterior, enquanto o braço direito protege o queixo e o tronco.
  • Quando um boxeador canhoto adota essa guarda, ela é chamada de “pata sul”.

13 pontos importantes sobre sua guarda

Postura Quadrada (Front Guard):

A posição quadrada ou guarda dianteira exige que o boxeador se posicione ao pé do pé e com as mãos na frente do rosto.

Esse estilo é frequentemente criticado porque descobre demais o torso e reduz o poder dos golpes, não dando ao boxeador a oportunidade de girar o torso corretamente; no entanto, permite que o boxeador use o jab com mais facilidade e acima de tudo favorece o contra-ataque.

Ele é um guarda muito agressivo daqueles que avançam muito batendo.

Mike Tyson,conhecido pela ferocidade de seus contra-ataques e sua capacidade de lucrar, popularizou esse estilo de guarda.

  • O pugilista se posiciona com os pés na frente do rosto.
  • Esse guardião é conhecido por ser mais aberto, expondo o tronco, mas permite um bom aproveitamento do jab e favorece o contra-ataque.
  • Ele é um guarda muitas vezes adotado por boxeadores agressivos que avançam muito.

13 pontos importantes sobre sua guarda

Casca Philly:

A concha filhosa se assemelha à posição clássica, mas a mão dominante está apoiada no tronco de modo a atravessá-la, enquanto a fraca está posicionada mais baixa para proteger o tronco do que na posição normal e com o ombro na parte superior.

Conhece Floyd Mayweather? Aqui ele usa muito.

Embora este guarda ofereça “menos proteção” e enfraqueca os jabs (com exceção de alguns tipos como o jab cubano), os contra-ataques com a cruz serão mais explosivos e evitar será mais fácil.

É um tipo de guarda que é usado por boxeadores rápidos e altamente técnicos.

  • Semelhante à guarda tradicional, mas com a mão dominante apoiada no tronco para atravessá-lo e a mão fraca para baixo para proteger o tronco.
  • Ele oferece menos proteção do que a guarda tradicional, mas favorece contra-ataques explosivos e facilita a fuga.
  • Muitas vezes usado por boxeadores rápidos e altamente técnicos, como Floyd Mayweather.

Estes são alguns dos guardas mais comuns no boxe.

Além destes, existem variações e estilos personalizados que os boxeadores desenvolvem para se adequar às suas preferências e estilo de luta.

A escolha do guarda depende das habilidades do boxeador, seu estilo de luta e a estratégia que ele quer adotar no ringue.

13 pontos importantes sobre sua guarda

Aqui estão alguns outros guardas menos comuns, mas ainda relevantes:

  1. Guarda Alta:
    • Nesse protetor, ambas as mãos ficam posicionadas altas, protegendo o rosto.
    • É eficaz na proteção da parte superior do corpo, mas pode deixar o tronco descoberto e dificultar o contra-ataque.
  2. Guarda Baixa:
    • O boxeador abaixa as mãos para proteger o tronco e as costelas.
    • Esse protetor pode ser arriscado, pois expõe o rosto a ataques, mas pode ser usado para escapar de golpes e contra-atacar com golpes no corpo.
  3. Guarda de armas cruzadas:
    • Neste guarda, o pugilista cruza os braços na frente do rosto.
    • Ele oferece proteção facial completa, mas limita a capacidade de lançar tiros diretos.
  4. Guarda de borboleta:
    • As mãos são mantidas baixas, com os cotovelos apontando para fora.
    • Este guarda é usado para convidar o adversário para atacar e procurar oportunidades de contra-ataque.
  5. Protetor de linha deslizante:
    • Nessa guarda, o pugilista inclina o corpo para os lados para se esquivar dos golpes do adversário.
    • Ele pode ser usado em combinação com outros protetores para evitar golpes.
  6. Rolo de ombro:
    • Nesse guarda, o boxeador inclina o corpo para trás e usa o ombro para proteger a lateral do rosto.
    • Este guarda é conhecido por ser usado por boxeadores defensivos e contragolpeadores.
  7. Guarda Aberta:
    • Nesta guarda, o pugilista mantém as mãos ligeiramente mais abertas do que na guarda tradicional.
    • É usado para convidar o adversário a atacar e buscar oportunidades de contra-ataque.

Guarda no MMA

Nas artes marciais mistas (MMA), os guardas podem variar muito dependendo do estilo de luta e preferências pessoais do praticante.

Aqui estão alguns dos tipos de guarda mais comuns no MMA, juntamente com uma breve explicação para cada um:

  1. Ortodoxos:
    • Este é o guarda mais comum no MMA, semelhante ao guarda tradicional no boxe.
    • Um lutador ortodoxo coloca o pé esquerdo para frente e o pé direito para trás, com as mãos prontas para defender o rosto e o corpo.
  2. Pata do Sul:
    • Semelhante à guarda ortodoxa, mas invertida para canhotos.
    • Um lutador de pata sul terá o pé direito para frente e o pé esquerdo para trás, com as mãos prontas para defender.
  3. Posição aberta:
    • Nesta guarda, ambos os lutadores têm o pé esquerdo para a frente, criando uma “posição aberta” entre eles.
    • Esse estilo pode ser usado para favorecer certas técnicas de luta, como o ataque de pernas, e para procurar oportunidades de ataque de diferentes ângulos.
  4. Postura de Wrestling:
    • Este guarda é comumente usado por lutadores e lutadores no MMA.
    • Os lutadores baixam seu nível, trazendo suas mãos perto de suas pernas, para que eles possam agarrar as pernas do oponente para realizar uma aderência ou queda.
  5. Philly Shell / Espia-a-Boo:
    • Semelhante ao Philly Shell no boxe, este protetor envolve abaixar a cabeça e os ombros, enquanto protege o tronco e o rosto com os braços.
    • É usado para se defender de ataques inimigos e procurar oportunidades de contra-ataque.
  6. Guarda Baixa:
    • Neste protetor, as mãos são colocadas mais baixas para proteger o tronco e as pernas.
    • Ele pode ser usado para desviar dos golpes dos adversários e procurar oportunidades para atacar o corpo ou as pernas.
  7. Guarda de Kickboxing:
    • Este protetor é adequado para lutadores que usam técnicas de boxe e chute.
    • As mãos são posicionadas para defender o rosto, enquanto as pernas estão prontas para chutar.
  8. Guarda de Muay Thai:
    • Este protetor é específico para lutadores de Muay Thai e fornece proteção pesada das pernas e cotovelos.
    • As mãos defendem o rosto enquanto os cotovelos estão prontos para cobrir o corpo e lançar cotovelos.

É importante notar que, no MMA, os lutadores costumam misturar elementos de diferentes disciplinas e desenvolver suas guardas personalizadas de acordo com seu estilo de luta único.

A flexibilidade para trocar de guarda e se adaptar às situações é um elemento-chave no MMA.

 

Guarda de Muay Thai

No Muay Thai, uma das artes marciais mais icônicas e dinâmicas do mundo, a guarda é um aspecto crucial para se proteger dos ataques do adversário e se preparar para desferir golpes poderosos.

O guarda no Muay Thai tem algumas características específicas:

  1. Posição do pé:
    • Os pés são colocados em uma largura de ombro ou ligeiramente mais largo.
    • A perna dominante (geralmente a do lado forte) é colocada ligeiramente à frente da outra. Isso permite que você tenha uma base estável para chutes e facilita a defesa.
  2. Proteção dos membros superiores:
    • As mãos são geralmente posicionadas na frente do rosto e ombros para se defender contra ataques inimigos.
    • A mão direita está posicionada na frente do lado esquerdo da face, enquanto a mão esquerda está na frente do lado direito da face. Este estilo de guarda protege o rosto e o queixo.
  3. Cotovelos e antebraços:
    • Os cotovelos são mantidos próximos ao corpo para proteger o tronco.
    • Os antebraços podem ser ligeiramente inclinados para fora para bloquear golpes.
  4. Proteção para as pernas:
    • A perna traseira pode ser posicionada ligeiramente atrás, com o joelho ligeiramente dobrado, para proteger a parte inferior do corpo.
    • A perna dianteira está pronta para se defender de ataques nas pernas.
  5. Guarda ativa:
    • No Muay Thai, a guarda costuma ser mais ativa do que em outras artes marciais. Isso significa que os combatentes podem usar seus antebraços para bloquear tiros inimigos e interceptar ataques antes que eles atinjam o alvo.
  6. Mobilidade:
    • Apesar de uma sólida posição de guarda, os lutadores de Muay Thai estão sempre prontos para se mover rapidamente, tanto para se defender de ataques inimigos quanto para buscar oportunidades de ataque.
  7. Contra-ataques:
    • Uma característica marcante do armador no Muay Thai é a preparação para o contra-ataque. Os lutadores muitas vezes tentam parry ou bloquear ataques inimigos e, em seguida, respondem imediatamente com golpes poderosos, como cotovelos, joelhos ou chutes.

A proteção no Muay Thai é crucial para a proteção e eficácia ofensiva, já que os lutadores enfrentam uma variedade de ataques, incluindo socos, chutes, cotoveladas e joelhos.

A prática constante de guarda é essencial para se tornar um lutador eficaz nesta disciplina.

Aqui está uma lista dos principais guardas usados no Muay Thai:

  1. Guarda Padrão (Ortodoxa ou Southpaw):
    • A guarda padrão é adequada para destros (ortodoxos) e canhotos (pata sul).
    • Nesta guarda, o lutador coloca a perna dominante ligeiramente para frente e mantém as mãos prontas para defender o rosto e o corpo.
  2. Guarda Alta:
    • Nesta guarda, as mãos são colocadas altas, protegendo o rosto.
    • É eficaz na proteção da parte superior do corpo, mas pode expor o tronco a ataques.
  3. Guarda Baixa:
    • Neste protetor, as mãos são colocadas mais baixas para proteger o tronco e as pernas.
    • Ele pode ser usado para se defender de ataques ao corpo ou para preparar contra-ataques.
  4. Guarda Muay Khao:
    • Este guarda é frequentemente usado por lutadores especializados em joelhos (Khao) e clinch.
    • As mãos estão um pouco mais abertas, e o lutador está pronto para entrar no clinch e lançar joelhos poderosos.
  5. Guarda Muay Mat:
    • Utilizado por lutadores especializados em técnicas de combate e projeções (Mat).
    • O protetor Muay Mat pode incluir posições mais baixas e abertas para facilitar as aderências.
  6. Guarda tailandesa clássica:
    • Este guarda é tradicionalmente usado por combatentes tailandeses.
    • O lutador mantém os braços levemente dobrados e posicionados na frente do rosto, com as pernas prontas para se mover rapidamente.
  7. Guarda de contra-ataque:
    • Alguns lutadores usam uma guarda mais aberta, pronta para parry ataques inimigos e responder com contra-ataques precisos, como cotovelos ou joelhos.
  8. Guarda Aberta:
    • Nesta guarda, as mãos são posicionadas um pouco mais abertas do que na guarda padrão, convidando o oponente a atacar.
    • É usado para criar oportunidades de contra-ataque, explorando as falhas do adversário.
  1. Protetor de clinch:
    • Essa guarda é especialmente importante para lutadores experientes em clinch, fase do Muay Thai em que são usadas pegas e joelhos.
    • As mãos são posicionadas de forma a permitir uma aderência eficaz ao adversário.
  2. Guarda de Muay Feminino:
    • Nas competições femininas de Muay Thai, algumas lutadoras adotam uma guarda que pode variar do tradicional, muitas vezes incluindo elementos de estilos de luta ocidentais.
  3. Protetor de sopro baixo:
    • Alguns lutadores podem adotar uma guarda específica para se defender de chutes baixos, abaixando ainda mais a perna dianteira e protegendo as pernas com os antebraços.
  4. Guarda Balanceada:
    • Um guarda equilibrado tenta encontrar um compromisso entre a proteção e a capacidade de ataque, mantendo suas mãos e braços em uma posição intermediária entre altos e baixos.
  5. Protetor de um braço:
    • Às vezes, um lutador pode abaixar uma das mãos, segurando uma mão alta para proteger o rosto e a outra baixa para chutar ou cotovelo com mais facilidade.
  6. Guarda para Running Strike Defense:
    • Ao enfrentar adversários que tentam acertar na corrida ou fechar rapidamente a distância, uma guarda mais fechada e compacta pode ser adotada para repelir ataques.
  7. Guarda para o Contra-Ataque de Cotovelo:
    • Alguns lutadores, especialmente aqueles que são experientes em cotoveladas, podem adotar uma guarda que permite que você se defenda contra ataques inimigos e responda com cotovelos letais.

É importante ressaltar que no Muay Thai, o guarda pode variar consideravelmente de um lutador para outro, com base nas habilidades, táticas e preferências individuais.

A prática constante e a capacidade de adaptação a diferentes situações são fundamentais para se tornar um lutador eficaz nesta disciplina.

A escolha da guarda depende da estratégia do lutador e de seu estilo de luta.

O Muay Thai é uma arte marcial muito dinâmica e versátil, e os lutadores podem adaptar sua guarda de acordo com as circunstâncias e suas preferências pessoais.

 

Os 13 pontos importantes sobre sua guarda que você deve sempre lembrar:

  1. Posição do pé: Fique em pé como se estivesse em um mostrador de relógio. Se você estiver na guarda direita, seu pé direito deve estar para frente ao meio-dia (12), enquanto seu pé esquerdo deve estar para trás às 8. Se estiver na guarda esquerda, seu pé esquerdo estará para frente ao meio-dia (12) e seu pé direito aos 4.
  2. Largura dos ombros: Mantenha uma distância entre os pés que seja aproximadamente a largura dos ombros. Esta posição oferece estabilidade e mobilidade.
  3. Orientação do pé: O pé anterior deve ter os dedos ligeiramente apontados para dentro, a cerca de 15 graus, enquanto o pé de trás deve ser orientado para fora em um ângulo de 30/45 graus. Essa configuração ajuda a manter um equilíbrio estável.
  4. Distribuição de peso: Sinta o peso espalhado uniformemente sobre os dois pés, mas sem levantar os calcanhares completamente. Isso lhe dá uma boa base sem sacrificar a mobilidade.
  5. Flexão do joelho: Os joelhos devem estar levemente flexionados. Nunca se mantenha completamente reto, pois essa posição limita sua capacidade de se mover rapidamente.
  6. Posição da mão: Levante as mãos em posição defensiva, com os punhos cerrados. As mãos devem estar a uma distância confortável do rosto, prontas para desferir ou desferir golpes.
  7. Punho de costas: O punho traseiro deve ser posicionado de modo que o punho toque a maçã do rosto das costas. Esta posição protege o seu rosto de ataques.
  8. Punho dianteiro: O punho frontal deve estar na altura dos ombros e estendido cerca de 30 cm à frente do ombro. Isso permite que você inicie rapidamente tiros diretos.
  9. Cotovelos e antebraços: Mantenha os cotovelos e antebraços paralelos, evitando manter os cotovelos muito abertos ou muito fechados. Esta posição permite-lhe proteger melhor o seu corpo.
  10. Posição do queixo: Mantenha o queixo levemente abaixado para proteger a mandíbula de possíveis golpes. O queixo deve estar escondido atrás dos ombros.
  11. Ombros: Levante um pouco os ombros, mas evite enrijecê-los demais. Seus ombros devem estar relaxados para permitir que você se mova com agilidade.
  12. Olhar: Fixe o olhar para frente, mantendo a visão periférica. Evite olhar para seus pés, pois isso o tornará vulnerável aos ataques do oponente.
  13. Relaxamento: Por fim, procure relaxar na posição de guarda. A tensão e o enrijecimento podem torná-lo mais lento e menos responsivo. Você precisa se sentir confortável e pronto para se mover rapidamente.

Não há necessidade de fazer três rodadas de 5 minutos sobre isso, mas execute sua posição de guarda em frente ao espelho e veja se sua posição está correta.

Deve se tornar uma posição natural que você tem mesmo quando você“não pensa”.

A ideia aqui é praticar a posição de guarda de forma tão intensa que ela se torna uma parte natural de sua postura, quase um reflexo instintivo.

Isso significa que você deve praticar em frente a um espelho, para que sempre que você se olhar ou se preparar para o combate, sua posição de guarda seja automaticamente corrigida.

Imagine que essa posição se torna uma segunda natureza, semelhante a como você se acostuma a andar ou respirar sem ter que pensar nisso com cuidado.

Será como se seu corpo instintivamente soubesse se posicionar para defesa ou ataque sem exigir pensamento consciente.

Essa prática constante e a repetição da ação de manter a posição correta de guarda ajudarão você a desenvolver uma reação instintiva, garantindo que ela esteja sempre presente mesmo quando você não está ciente de fazê-lo.

Dessa forma, sua guarda se torna uma habilidade automática e natural, pronta para protegê-lo em qualquer situação sem ter que pensar muito sobre isso.

Postura de Boxe

No início, obtenha ajuda de seu amigo mais experiente ou de seu professor/professor.

Nunca perca de vista os fundamentos.

Então, mais importante ao fazer o saco também preste atenção na sua guarda depois de ter trazido os tiros.

Mesmo que o saco não o puxe, você deve estar sempre na posição correta.José Aldo vs. Conor McGregor

A mesma coisa com o foco presta atenção ao seu guarda, porque se depois de bater as mãos e seu corpo não estiver em posição significa que você abriu a guarda e o oponente pode bater em você.

Em combate não deixam nada ao acaso.

Fique atento!!!

Street Fight Mentalidade e Esporte luta

Andrea

Andrea
Andreahttps://expertfightingtips.com
Con una passione per la difesa personale e gli sport da combattimento, mi distinguo come praticante e fervente cultore e ricercatore sulle metodologie di allenamento e strategie di combattimento. La mia esperienza abbraccia un vasto panorama di discipline: dal dinamismo del Boxing alla precisione del Muay Thai, dalla tecnica del Brazilian Jiu-Jitsu all'energia del Grappling, dal Combat Submission Wrestling (CSW) all'intensità del Mixed Martial Arts (MMA). Non solo insegno, ma vivo la filosofia di queste arti, affinando costantemente metodi e programmi di allenamento che trascendono il convenzionale. La mia essenza si riflette nell'autodifesa: Filipino Martial Arts (FMA), Dirty Boxing, Silat, l'efficacia del Jeet Kune Do & Kali, l'arte della scherma con coltelli e bastoni, e la tattica delle armi da fuoco. Incarno la filosofia "Street Fight Mentality", un approccio senza fronzoli, diretto e strategico, unito a un "State Of Love And Trust" che bilancia l'intensità con la serenità. Oltre al tatami, la mia curiosità e competenza si spingono verso orizzonti diversi: un blogger professionista con la penna sempre pronta, un bassista dal groove inconfondibile e un artigiano del coltello, dove ogni lama è un racconto di tradizione e innovazione. Questa sinfonia di abilità non solo definisce la mia identità professionale, ma dipinge il ritratto di un individuo che nella diversità trova la sua unica e inconfondibile voce e visione. Street Fight Mentality & Fight Sport! Andrea

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

SELF DEFENCE

FIGHT SPORT

Popular Articles

error: Content is protected !!