in

O glossário do UFC e mma

O glossário do UFC e mmaO glossário do UFC e mma Fighting Tips - Street Fight Mentality & Fight Sport

O glossário do UFC e do MMA.

Conheça os termos mais usados em competições de MMA

Quando se trata do glossário do UFC e MMA há uma série de termos que geralmente são usados e que você precisa saber para poder acompanhar bem as notícias ardentes e emocionantes que são usadas apaixonadamente durante as lutas ardentes das artes marciais mistas.

O Glossário das palavras mais usadas no FOC

Eles não são todos os termos existentes, mas certamente um bom ponto de partida para aqueles que querem começar a seguir o MMA

Lista das palavras mais usadas no UFC e MMA

Letra A

Abu Dhabis / ADCC Submission Wrestling World Championship

– Um evento bi-anual de grappling no qual muitos dos melhores lutadores de submissão gi e não-gi do mundo competem. Um evento de luta livre semestral onde muitos dos melhores lutadores de submissão de todo o mundo competem.

Americano – Também conhecido como chaveiro, trata-se de uma submissão complexa geralmente obtida a partir da posição de montagem ou controle lateral. Uma Americana é realizada isolando o pulso e o antebraço e torcendo o braço para colocar pressão no ombro. Também chamado de chaveiro, é uma submissão complexa geralmente obtida a partir do controle lateral ou posição de montagem. Um americano é realizado isolando o pulso e o antebraço e torcendo o braço para exercer pressão sobre o ombro.
Anaconda Choke – Uma variação do triângulo de braço engasgar da posição do headlock dianteiro. Para executar o estrangulamento, o braço de asfixia/ataque é empurrado através do pescoço e debaixo da axila antes de travar com o bíceps do segundo braço, impedindo assim o fluxo sanguíneo em ambos os lados do pescoço do oponente. Uma variação do estrangulamento do triângulo do braço a partir da posição frontal do bloco. Para realizar o estrangulamento, o braço de asfixia/fixação é empurrado através do pescoço e sob a axila antes de travar com os bíceps do segundo braço, impedindo assim o fluxo sanguíneo para ambos os lados do pescoço do oponente.
Bloqueio do tornozelo

– Uma submissão de leglock segura onde a articulação do tornozelo é atacada e hiper-estendida. Uma submissão de leglock é mantida onde a articulação do tornozelo está presa e hiper-estendida.

Chave de braço – Uma sustentação comum que implica o braço do oponente sendo endireitado entre as coxas do instigador, antes de ser dobrado e hiper-estendido no cotovelo até o ponto de submissão. Uma aderência de submissão comum que envolve o braço do oponente sendo endireitado entre as coxas do instigador, antes de ser dobrado e hiperextendido no cotovelo até o ponto de submissão.
Arrasto de braço – Um movimento comum no wrestling amador, este ato requer um atacante usando duas mãos para controlar o pulso e o tríceps de seu oponente e, em seguida, puxá-los para a posição para ganhar o controle do lado ou para trás. Um movimento comum na luta amadora, este ato requer que um atacante use duas mãos para controlar o pulso e tríceps do oponente e, em seguida, atirar no lugar para ganhar o controle do lado ou para trás.
Arremesso de braço – A ideia de ganhar o controle do braço do oponente e usá-lo como alavanca para puxar o resto do corpo sobre o centro de gravidade, a fim de completar uma alta amplitude de queda. A ideia de ganhar o controle do braço do seu oponente e usá-lo como alavanca para puxar o resto de seu corpo sobre o centro de gravidade para completar uma alta amplitude de queda.
Estrangulamento do Triângulo de Braço – Uma submissão em que uma pessoa é sufocada com o próprio braço de um lado e o braço do atacante do outro lado do pescoço. Uma aderência de submissão em que uma pessoa é sufocada com o braço de um lado e o braço do atacante do outro lado do pescoço.
Escolha do tornozelo – Uma variação da queda de uma perna única comumente apresentada no wrestling freestyle/folkstyle. Para realizar uma picareta no tornozelo, o atacante agarra e eleva os tornozelos do adversário para fora do tatame, antes de levantar ou passar. Uma variante da queda de uma perna só comumente encontrada no estilo livre/folk wrestling. Para realizar uma aderência no tornozelo, o atacante agarra e eleva os tornozelos do oponente do tatame, antes de levantar ou dirigir.

 

Letra B

Bodylock – Mais conhecido como “abraço de urso”. De uma posição vertical, os braços de um lutador são enrolados ao redor do torso de seu oponente e, em seguida, conectados ao redor do outro lado, a fim de configurar uma possível queda.
Triângulo Corporal – O ato de controlar o corpo de um oponente envolvendo as pernas ao redor do tronco. O tornozelo segura a trava ao encaixar sob o joelho da outra perna, produzindo assim uma forma triangular criada por ambas as pernas.

Bout
– Um nome alternativo para uma luta ou competição.

Boxe
– Um esporte de combate e uma forma de golpe onde apenas os dedos da luva acolchoada são usados para golpear a cabeça e o tronco superior de um oponente.


Jiu-Jitsu Brasileiro

– Uma arte de grappling desenvolvida pela primeira vez no Brasil no início dos anos 1900 com grande ênfase em bases e submissões.
ButterflyGuard – Uma variação da guarda tradicional, onde ambas as pernas estão fisadas entre as pernas de um oponente, mantendo assim o oponente dentro das coxas do lutador de costas para o chão.

 

 

Letra C

Catch Wrestling – Uma mistura de estilos de grappling como Greco-Roman Wrestling e Catch-as-Catch-Can Wrestling teve origem na Inglaterra durante a década de 1800.

Orelha de couve-flor
– A calcificação da orelha a partir do contato repetido durante a luta.
Choke

– Um termo genérico usado na luta para explicar a restrição de sangue ao cérebro como resultado da pressão sendo aplicada ao redor do pescoço de um lutador.

Clinch – Quando dois competidores se em pé e se agarram um ao outro na tentativa de exercer sua força física e ganhar controle no último quarto.
Cornerman – Também referido como um “canto”. Esta é uma fonte de apoio e conselhos para um lutador durante uma luta, seja um treinador, assistente técnico ou cutman.

Counter-Punch
– Quando um lutador escapa ou bloqueia um strike e, em seguida, retorna imediatamente com um soco próprio.
Cruz – Lançada de uma postura ortodoxa e vertical, uma cruz é um soco realizado pela mão traseira e normalmente entregue ao longo de uma trajetória reta da mandíbula até o alvo.
Crucifixo – Uma manobra de grappling com ênfase no controle de solo. Para realizar um crucifixo, um lutador se esticará e isolará os membros de seu inimigo aterrado com o uso de suas próprias pernas e braços. Uma vez que o oponente esteja propenso e incapaz de se proteger, o lutador atacante estará livre para acabar com a luta sem desafios.
Catchweight Bout – Quando uma luta é feita em um peso pré-determinado fora dos parâmetros normais da classe de peso. Também pode ser usado para classificar uma luta em que um competidor ou ambos não serão capazes de fazer peso, mas isso foi determinado de antemão para ser mantido no novo peso. Uma luta em que um dos competidores não faz peso, mas ainda acontece não é uma luta de peso-pesado.

 

 

Carta D

D’arce Choke – Um estrangulamento em homenagem ao grappler Joe D’Arce, que comumente usava a técnica na competição. Também é às vezes referido como um estrangulamento Brabo. Esta é uma variação de um estrangulamento do braço da cabeça dianteira e requer que o braço de ataque de um lutador seja empurrado através da axila de seu oponente e através de seu pescoço, antes de agarrar o bíceps do outro braço, formando assim uma conexão e estrangulamento.
Decisão – Caso um ataque percorra a distância programada total, uma decisão será proferida por três juízes em sua conclusão. Estas pontuações serão tabuladas e o vencedor da luta será então decidido.
Guarda De La Riva – Uma variação da guarda e uma popularizada pelo faixa-preta do Jiu-Jitsu brasileiro, Ricardo De La Riva. Para utilizar este guarda, uma perna é fisada atrás das pernas de um oponente em pé por fora, enquanto o lutador iniciante controla o tornozelo com uma mão do mesmo lado. A outra mão segura a manga do oponente.


Dirty Boxing

– Quando dois oponentes se envolvem em uma batalha de stand-up no último quarto e optam por segurar e controlar seu oponente com uma mão, enquanto atiram socos, comumente ganchos e uppercuts, com sua mão livre e sobressalente.
Desqualificação – Uma perda sofrida por um lutador, geralmente devido a uma infração de regras.
Derrubada de perna dupla – Uma das duas quedas mais populares no estilo livre ou folkstyle wrestling. A fim de completar uma queda de duas pernas, um atacante vai cair e dirigir entre as pernas de seu oponente com um passo. O ombro então impacta a seção intermediária, derrubando assim o centro de gravidade do oponente sobre o atacante e criando uma perda de equilíbrio. Uma vez iniciado este tiro, o atacante usará seus braços e impulso para atravessar, impedindo que seu inimigo recupere o equilíbrio e execute totalmente a queda.
Pato sob – Uma manobra de luta comum realizada enquanto estava em pé ou perto de uma posição de clinch. A ideia é ganhar uma posição vantajosa sobre um oponente, dirigindo a cabeça sob o cotovelo/tríceps e movendo-se para o lado ou para trás.

 

 

Letra E

Sem entradas glossárias para E. Sem entradas glossárias para E


Letra F

Acampamento de Luta – Um intenso período de treinamento sustentado, geralmente realizado por oito a dez semanas antes de uma luta programada. É durante o campo de luta que treinadores e parceiros de sparring ajudam a preparar um competidor para uma próxima luta.
Transporte de bombeiro – Uma queda de wrestling realizada a partir de uma posição de empate. Para completar o movimento, um atacante segura o braço do oponente, abaixa-se e cai de joelhos, enquanto atira seu outro braço através das pernas do oponente e puxa-os sobre seus ombros e para as costas.

Gancho de Peixe / Gancho de Peixe
– O movimento ilegal e proibido de colocar os dedos na boca de um oponente e depois ‘enganchar’ dentro da área da bochecha.

Folkstyle Wrestling
– Um estilo de luta amadora praticado nos Estados Unidos no sistema escolar e predominantemente através da faculdade.
Footwork – Nas artes marcantes, o footwork é o termo usado para descrever a capacidade de manter o equilíbrio e controlar a distância através do movimento.
Falta – Uma manobra ou conduta ilegal administrada por um lutador durante uma luta.

Freestyle Wrestling
– Um dos dois estilos olímpicos de luta amadora .

Front Kick
– Um chute linear realizado levantando o joelho para cima, endireitando a perna e, em seguida, empurrando a bola do pé em um alvo.

 

 

Letra G


Gable Grip
– Nomeado após o lendário treinador de wrestling de Iowa Dan Gable, este movimento coloca ênfase em um aperto palma-a-palma das mãos com polegares ao lado de cada mão, em vez de entrelaça-los.

Gi
– Um termo japonês para um uniforme de treinamento usado por muitos expoentes das artes marciais tradicionais, como karatê e judô.
Gogoplata – Um estrangulamento complicado realizado a partir do guarda, e que envolve um atacante usando um braço e uma perna (canela) para espremer o pescoço de um oponente.

Família Gracie
– A família pioneira da luta e os criadores do Jiu-Jitsu brasileiro.
Grapevine – O conceito de usar as pernas para se entrelaçar com as de um oponente, a fim de manter o controle enquanto estiver no chão.
Grappling – Um termo geral que abrange as técnicas e disciplinas usadas para obter uma vantagem sobre um oponente sem o uso de golpes.

Greco-Roman Wrestling
– Um dos dois estilos olímpicos de luta amadora que proíbem a detenção abaixo da cintura e, portanto, dá ênfase aos arremessos.

Ground and Pound
– Uma tática originalmente empregada pelos lutadores para levar um oponente ao chão e começar a atacar a partir de uma posição aterrada.
Guarda – Uma posição brasileira de Jiu-Jitsu que exige um lutador deitado de costas e controlando o movimento e a posição do oponente mantendo-os amarrados e restritos entre as pernas. Há muitas variações desta posição. 2. Um termo de boxe descrevendo o ato de manter as duas mãos para cima para proteger o rosto.
Escotelho guilhotina – Uma das submissões mais comuns e populares, esse movimento às vezes é realizado em posição de pé, mas mais frequentemente a partir da guarda. Requer um atacante agarrando-se ao pescoço propenso de seu oponente em uma posição de chave de cabeça dianteira e, em seguida, apertando o aperto firmemente até renderizar uma submissão.

 

 

Letra H

Meia Guarda – Esta é uma posição de Jiu-Jitsu brasileiro comumente usada quando a guarda completa não está disponível. Se um lutador aterrado não conseguir proteger o controle completo via guarda total, eles se contentarão em prender apenas uma das pernas de seu oponente entre as suas, a fim de completar a meia guarda.

Punho de Martelo
– O ato de um lutador atacante usando o lado de seu punho cerrado para golpear um oponente aterrado.
Haymaker

– Um soco de poder selvagem e em mudança de luta.


Head and Arm Throw
– Uma queda amadora que requer um atacante usando a cabeça e um braço do oponente para jogá-los nas costas.
Peso Pesado

– Uma categoria de peso onde os competidores variam de 93,4 kg a 129,2 kg.


Gancho de calcanhar
– Considerado uma das finalizações mais perigosas do esporte, este movimento requer um atacante imobilizando a perna de um oponente e, em seguida, colocando seu antebraço na lateral do calcanhar para torcê-lo e forçar a finalização.
Hip Toss – Um lance amador comum realizado quando o atacante segura um dos braços do oponente e desliza seu outro braço de ataque em torno da área de costas/cintura do oponente. O atacante então vira e levanta o adversário, sobre suas costas e no chão.
Gancho – Um soco dado pela mão principal em um movimento circular da posição de pé. 2. Em termos de luta, “ganchos” referem-se ao ato de apreender e restringir o movimento do membro de um oponente para estabelecer uma posição dominante.

 

 

Carta I

Sem entradas glossários para I. Sem entradas glossárias para I


 

 

Carta J


Jab
– Um golpe fundamental no boxe e um realizado por tirar a mão principal ao longo de uma trajetória reta

Bloqueio articular
– Isso descreve qualquer técnica utilizada para fazer uma articulação sofrer movimento ou contorção não natural, causando dor, desconforto, dano e potencialmente uma submissão.

Juiz
– Um dos três juízes neutros selecionados por uma Comissão Atlética para marcar e decidir o resultado de uma luta que vai à distância programada.
Judô – Uma arte marcial e esporte criado no Japão por Kano Jigoro no final de 1800. O judô é um esporte olímpico que permite bases e submissões, e é comumente conhecido por sua ênfase em técnicas de arremesso.

 

 

Letra K


Karatê
– Uma arte marcial predominantemente marcante, desenvolvida pela primeira vez em Okinawa/Japão e com muitos ramos e variações.

Chaveiro
– Uma submissão obtida quando um lutador está na posição de montagem ou controle lateral e isola o pulso e o antebraço de seu oponente, a fim de então torcer o braço e aplicar pressão no ombro.
Kickboxing – O termo genérico para um esporte e estilo de golpe que utiliza técnicas de mão e pé. Algumas formas e estilos de kickboxing incluem o uso de joelhamentos e golpes de cotovelo também.

Kimura
– Uma submissão semelhante a um chaveiro ou americana, e nomeada em homenagem a uma judoca japonesa, Masahiko Kimura, este movimento ocorre quando o braço de um oponente é isolado e manivela nas costas, colocando assim imensa pressão em seu ombro.

Joelhada
– Essa submissão é alcançada quando o joelho do adversário é bloqueado diretamente por um atacante, que então coloca pressão nos ligamentos atrás do joelho em busca de um toque.

Knee Tap
– Uma queda de wrestling freestyle/folkstyle que requer um atacante colocando uma mão na parte externa do joelho do oponente para evitar o movimento, enquanto eles dirigem na mesma direção.

Nocaute
– Um golpe que deixa um oponente incapaz de continuar e resulta em uma conclusão prematura para uma luta.

Kung Fu
– Um termo genérico que se refere à totalidade das artes marciais chinesas.

Letra L

Leglock – Um termo geral para o ato de isolar a perna de um oponente e executar qualquer uma das muitas submissões possíveis.

Mudança de nível
– Quando um lutador se move de uma posição vertical para uma posição mais baixa, caindo para a cintura ou pernas de seu oponente, a fim de provocar uma reação ou atirar para uma queda.

Meio-Pesado
– Uma categoria de peso onde os competidores variam de 84,3 kg a 92,9 kg de peso.
Leve – Uma categoria de peso onde os competidores variam de 66,2 kg a 70,3 kg de peso.

 

 

Letra M

Sorteio majoritário

– A decisão proferida quando dois dos três juízes decidem uma luta mesmo em sua conclusão. A decisão foi tomada quando dois dos três juízes decidiram uma reunião mesmo em sua conclusão.

Middleweight – Uma categoria de peso onde os competidores variam de 77,5 kg a 83,9 kg de peso. Uma classe de peso em que os competidores variam de um peso de 77,5 kg a 83,9 kg.
Montar – Uma posição dominante de grappling que permite ao atacante atravessar o torso do oponente desde o topo e, assim, desfrutar de uma maior sensação de controle. Uma posição dominante de aderência que permite ao atacante escalar sobre o torso de seu oponente de cima e, assim, desfrutar de uma maior sensação de controle.
Muay Thai – Uma arte de kickboxing/marcante e o esporte nacional da Tailândia. Especialistas em muay thai utilizam golpes de mão, pé, joelho e cotovelo a partir de uma posição de stand-up. Um kickboxing/arte incrível e o esporte nacional da Tailândia. Especialistas em muay thai usam golpes na mão, pés, joelhos e cotovelos em uma posição vertical.

 

 

Letra N

Manivela do pescoço – Um movimento de submissão e controle de grappling e que implica um atacante aplicando força no pescoço de um oponente para criar dor e desconforto e potencialmente forçar uma submissão. Um movimento de submissão e controle de aderência e um que envolve um atacante aplicando uma força no pescoço de um oponente para criar dor e desconforto e potencialmente forçar uma submissão.
Sem Concurso – O resultado de um ataque que termina prematuramente devido a imprevistos, sem nenhum vencedor prestado no final. Um impasse. O resultado de uma reunião que termina prematuramente devido a circunstâncias imprevistas, sem vencedor no final. Um impasse.
North South Choke – Uma finalização de estrangulamento alcançada quando um atacante está em cima e peito a peito com um oponente, mas posicionado em uma direção norte-sul oposta. O atacante então passa a envolver um braço em volta do pescoço de seu oponente aterrado antes de apertar para gerar a finalização. Uma submissão sufocada obtida quando um atacante está em cima e peito contra o peito com um oponente, mas posicionado na direção norte-sul oposta. O atacante então passa a envolver um braço em volta do pescoço do oponente no chão antes de apertar para gerar finalização.

 

 

Carta O

Octógono – A estrutura especialmente projetada para oito lados onde todas as lutas do UFC acontecem.
Omoplata – Uma sustentação de submissão que requer que o atacante use as pernas para isolar o braço do oponente e aplicar pressão no ombro. É mais comumente obtido durante a utilização da posição de guarda.

Overhand Direita/Esquerda
– Um soco de força curva e arqueado jogado com a mão traseira.
Overhook – Também comumente referido como um “whizzer”, um overhook é realizado em uma situação de clinch ou tie-up, tomando o braço de um oponente e enterrando a mão em seu peito ou caixa torácica, e depois movendo-se para que ambos os torsos estejam voltados para a mesma direção relativa.

Posição over-Under
– Uma posição muito comum de clinch/tie-up onde ambos os combatentes têm um braço em torno do corpo do oponente e o outro braço sobre o braço do oponente, às vezes apertando as mãos ao redor das costas, a fim de configurar um arremesso superior do corpo.

 

 

Letra P

Pankration – Uma antiga competição e estilo olímpico grego que apresentava algumas das mesmas técnicas e métodos das modernas artes marciais mistas de hoje.

Gravata peruana
– Uma variação no estrangulamento frontal (ou seja, guilhotina, anaconda choke), este movimento requer que o atacante se levante brevemente, scooting e sentar-se, antes de jogar suas pernas para cima e para trás de seu oponente.

Postura
– A capacidade de manter seu tronco perpendicular no chão, especialmente útil quando se procura evitar engasgos na guarda do oponente.
Pull Guard – Se um grappler não conseguir levar seu oponente ao chão através de quedas, eles vão agarrar e puxar seu oponente em cima deles, envolvendo suas pernas em torno do torso, iniciando a guarda completa e, em seguida, procurando configurar uma submissão ou varrer de uma posição aterrada.

Pummel
– Os lutadores baterão quando lutarem pela posição dos braços e torso enquanto no clinch, com o objetivo de obter os dois braços por dentro e ao redor da seção média do oponente.
Chute – Uma variação do chute frontal muay-tailandês, este movimento requer a bola do pé se movendo para a frente em um movimento mais linear, às vezes assemelhando-se a um pisoteio. Às vezes referido como um teep.

 

 

Letra Q

Sem entradas glossárias para Q. Sem entradas glossárias para Q


 

 

Letra R

Mata-leão – Este é um estrangulamento comum aplicado quando um atacante segura as costas de seu oponente e usa essa posição vantajosa para configurar um estrangulamento do ponto cego do adversário. Para terminar o estrangulamento, o atacante às vezes vai vine as pernas de seu oponente ou utilizar um triângulo corporal para reduzir a chance de perder posição.

Árbitro
– Um funcionário nomeado pela Comissão Atlética aplicável e alguém totalmente responsável por garantir que as regras do combate sejam cumpridas e que a segurança dos atletas seja primordial.
Redondo – Um período de cinco minutos dentro do qual dois lutadores competem sob regras de artes marciais mistas. As disputas sem título consistem em três rounds e as disputas pelo título consistem em cinco rounds.

 

 

Letra S

Sambo – Uma arte marcial e esporte russo relativamente moderno e um híbrido de artes de submissão e luta amadora. Os torneios sambo incorporam tanto grappling quanto impressionantes.
Sanda (Sanda) – Também conhecido como San Shou, este é um esporte moderno e estilo de kickboxing amplamente praticado na China. O golpe é combinado com lançamentos até que um competidor cai no chão. O esporte também incorpora uma plataforma elevada e os pontos são concedidos por tirar um adversário da área da competição.
Camarão

– Uma técnica de grappling utilizada por um lutador montado, que olhará para o seu lado, puxará o joelho até o peito e garantirá uma posição mais positiva de meia guarda.


Controle lateral
– Às vezes referido como ‘montagem lateral’ ou ‘montagem cruzada’, esta é uma posição de grappling que posiciona o atacante em cima do torso do oponente e perpendicular a eles nas costas.
Derrubada de perna única – Uma das duas quedas mais comuns no wrestling freestyle/folkstyle, e uma realizada quando um atacante pega a perna de um oponente com as duas mãos e os leva para o tatame. Há muitas variações desta técnica em particular.
Sit-Out – Uma técnica de luta mais comum no wrestling folclórico, esse movimento ocorre quando um lutador reivindica as costas de seu oponente em uma posição sentada ou em pé, apenas para que a posição seja então invertida quando o lutador na posição desvantajosa alcançar entre as pernas de seu inimigo para agarrar um joelho e trocar de posição.
Canhoto – Um termo marcante usado para descrever um competidor que luta com a mão direita e o pé direito para frente e lança um jab com a mão direita.
Sprawl – Uma técnica de grappling defensiva usada para evitar uma queda dupla ou única de perna, jogando suas pernas atrás de você e deixando cair seu peso em cima do atacante.

Sprawl e Brawl
– Um termo usado para descrever um lutador que evita quedas e gosta de ficar em pé e atacar.

Impasse
– Quando dois lutadores não conseguem avançar de posição ou obter sucesso em uma posição sustentada de grappling.

Submissão
– O ato de utilizar uma técnica de grappling para forçar um oponente a admitir a derrota via tapout ou outros meios.
Soco do Super-Homem – Um golpe elaborado criado primeiro fingindo um chute e depois imediatamente seguindo com um soco. O impulso criado leva o corpo do atacante para a frente e para o ar, o que ajuda a cobrir a distância rapidamente.

Suplex
– Um arremesso amador de wrestling comumente obtido através de uma posição de bodylock das costas de um oponente . O agressor usa o bodylock para levantar seu oponente para cima e para cima em um movimento de arqueamento nas costas para que o oponente aterrisse em sua área de omoplata.

Sweep
– Em um confronto de luta, este é o processo de manobra de uma posição desvantajosa sob seu oponente para uma posição mais vantajosa em cima deles.

 

 

Letra T



Tae Kwon Do

– Uma arte marcial coreana que enfatiza fortemente a flexibilidade e o chute.

Takedown
– Qualquer maneira pela qual um atacante pode trazer seu oponente para o chão com uma manobra de grappling


Tapout

– O ato de um competidor lutando sinalizando para o árbitro, geralmente batendo rapidamente três vezes no tatame ou oponente, que eles desistem e admitem a derrota.

Nocaute Técnico
– Um termo usado para descrever a razão da conclusão de uma luta, seja porque o árbitro, lutador ou médico determina que um combatente é incapaz de continuar uma luta com segurança.
Teep – Um tipo de chute frontal estilo Muay Thai, também conhecido como o “chute de empurrão”.
Ameixa tailandesa – Também conhecido como “gravata de colarinho”, este é um clinch comumente usado na competição de Muay Thai, onde a mão do atacante enganchar o pescoço do oponente e o antebraço corre pelo interior do peito. Por outro lado, também pode atacar o outro lado do pescoço do oponente, travando as mãos, controlando o movimento e dando golpes no joelho.
Lançamento – O ato de puxar um oponente para cima de seus pés e, em seguida, jogá-los no ar com alguma amplitude.
TKO – A abreviação de Nocaute Técnico.

Dedo do pé
– Uma submissão de footlock que envolve uma mão tentando o topo do pé e dos pés, enquanto a outra mão agarra o pulso da mão atacante, usando o antebraço como fulcro na panturrilha do oponente para criar pressão.

Triângulo Choke
– Um porão de submissão onde o atacante usa suas próprias pernas para isolar e espremer o pescoço e um braço de um oponente, comumente realizado a partir da posição de guarda.

Tartaruga
– O ato de bater em cotovelos e joelhos em posição aterrada, a fim de evitar que um oponente atinja golpes de pegar seus ganchos.

Dois contra um
– quando um lutador segura a área do antebraço/pulso do oponente com as duas mãos.

 

 

Carta U

Sub-gancho – Quando um atacante em uma situação de clinch coloca seu braço debaixo do braço do oponente e tenta segurar o ombro ou voltar para ganhar o controle. Os subsares duplos permitem um maior controle e também configurarão um arremesso. Obter um underhook enquanto na parte inferior de uma posição aterrada permite que um lutador se levante para seus pés com mais facilidade. Quando um atacante em uma situação de clinch coloca seu braço sob o braço do oponente e tenta agarrar o ombro ou voltar para ganhar o controle. Ganchos duplos permitem mais controle e até mesmo um arremesso. Obter um gancho apertado enquanto na parte inferior de uma posição de chão permite que um lutador se levante mais facilmente.
Regras Unificadas

– Um conjunto de regras reconhecidas mundialmente pelas comissões atléticas como padrão pelo qual as artes marciais mistas profissionais são regidas. Um conjunto de regras reconhecidas mundialmente pelas comissões atléticas como o padrão pelo qual as artes marciais mistas profissionais são disciplinadas.

Uppercut – Um soco de força entregue de forma circular, levantando-se por baixo e mirando o queixo do oponente. É especialmente útil contra um oponente que se inclina ou alguém significativamente mais curto. Um soco de força entregue de forma circular, que sobe por baixo e mira no queixo do oponente. É especialmente útil contra um oponente que se inclina ou alguém significativamente mais curto.

 

 

Letra V

Sem entradas glossárias para V. Sem entradas glossárias para V.

 

 

Letra W

Classes de Peso

– Um conjunto de divisões pelas quais as artes marciais mistas dividem os competidores em peso. Uma série de divisões pelas quais as artes marciais mistas dividem os competidores de acordo com o peso.

Peso meio-médio – Classe de peso, com 77,1 kg de peso. Uma classe de peso em que os competidores variam de um peso de 70,7 kg a 77,1 kg.
Whizzer – Também conhecido como overhook, este movimento é realizado em uma posição de clinch ou tie-up colocando um braço sobre o braço do oponente e, em seguida, enterrando a mão em seu peito ou caixa torácica. O iniciador geralmente se move para aquele lado para que ambos os torsos estejam voltados para a mesma direção relativa. Também conhecido como overhook, este movimento é realizado em uma posição clinch ou tie-up colocando um braço sobre o braço do oponente e, em seguida, enterrando a mão no peito ou caixa torácica. Normalmente, o iniciador se move para aquele lado para que ambos os torsos estejam voltados para a mesma direção relativa.
Wrestling – O termo genérico usado para qualquer uma variedade ou disciplinas de grappling que não necessariamente incorporam submissões. O termo genérico usado para qualquer disciplina de variedade ou luta que não inclua necessariamente comunicações.

 

 

Letra X

X-Guard – Uma variação da guarda aberta, é aí que o lutador na posição inferior desvantajosa ataca a perna de seu oponente em pé com suas próprias pernas, criando assim um emaranhado e permitindo a possibilidade de finalizações e varreduras. Uma variação da guarda aberta, este é o ponto onde o lutador na posição desfavorecida na parte inferior ataca a perna de seu oponente em pé com suas próprias pernas, criando assim um emaranhado e permitindo a possibilidade de finalizações e varreduras.

 

 

Letra Y

Sem entradas glossárias para Y. Sem entradas glossárias para Y


 

 

Letra Z

Sem entradas glossárias para Z. Sem entradas glossárias para Z


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Written by Andrea

Con una passione per la difesa personale e gli sport da combattimento, mi distinguo come praticante e fervente cultore e ricercatore sulle metodologie di allenamento e strategie di combattimento.

La mia esperienza abbraccia un vasto panorama di discipline: dal dinamismo del Boxing alla precisione del Muay Thai, dalla tecnica del Brazilian Jiu-Jitsu all'energia del Grappling, dal Combat Submission Wrestling (CSW) all'intensità del Mixed Martial Arts (MMA).

Non solo insegno, ma vivo la filosofia di queste arti, affinando costantemente metodi e programmi di allenamento che trascendono il convenzionale.

La mia essenza si riflette nell'autodifesa: Filipino Martial Arts (FMA), Dirty Boxing, Silat, l'efficacia del Jeet Kune Do & Kali, l'arte della scherma con coltelli e bastoni, e la tattica delle armi da fuoco.

Incarno la filosofia "Street Fight Mentality", un approccio senza fronzoli, diretto e strategico, unito a un "State Of Love And Trust" che bilancia l'intensità con la serenità.

Oltre al tatami, la mia curiosità e competenza si spingono verso orizzonti diversi: un blogger professionista con la penna sempre pronta, un bassista dal groove inconfondibile e un artigiano del coltello, dove ogni lama è un racconto di tradizione e innovazione. Questa sinfonia di abilità non solo definisce la mia identità professionale, ma dipinge il ritratto di un individuo che nella diversità trova la sua unica e inconfondibile voce e visione.

Street Fight Mentality & Fight Sport!

Andrea

Jiu-Jitsu de Jiu-Jitsu

A faixa de cinturão colorida do BJJ realmente vai para a esquerda?

Afterburn Effect

Efeito pós-queimadura