sexta-feira, junho 14, 2024
spot_img
spot_img

Random Post This Week

spot_img

Related Posts

Roubos de carros

Roubos de carros

Roubos de carros na sociedade.

10 maneiras de não fazer você roubar o carro é um post que eu quero fazer porque depois de 5 anos os dados estatísticos dizem que os roubos de carros estão crescendo novamente (+5%).

Os roubos de veículos são atos criminosos desprezíveis que causam sérios danos e transtornos às vítimas.

Essas ações não apenas privam as pessoas de seu transporte, mas também podem ter repercussões financeiras e emocionais duradouras.

É inaceitável que indivíduos inescrupulosos tentem roubar o que não é seu, violando a lei e prejudicando a comunidade.

A luta contra o roubo de automóveis deve ser uma prioridade, com medidas de prevenção, segurança e aplicação rigorosa da lei para punir os responsáveis.

Temos todos de trabalhar em conjunto para combater esta forma de criminalidade e preservar a segurança das nossas estradas.

Assalto na rua

Os números, que acabam de ser anunciados pelo Ministério do Interior sobre roubos de automóveis:

após cinco anos de redução, os roubos de veículos na Itália voltaram a subir: em 2018, 105.239 veículos desapareceram no ar em comparação com os 99.987 registrados em 2017, portanto, com uma tendência preocupante de reversão de +5,2%.

Não só isso: o percentual de carros roubados encontrados também piora, agora está em 40%, (eram 44% em 2016 e até 53% em 2007). No ano passado, na verdade, mais de 64.000 carros foram perdidos na pista.

Os ratos de carro estão voltando à ação cada vez mais habilidosos e de alta tecnologia, também no verão é o momento mais perigoso porque as pessoas estão de férias relaxando e mais distraídas.

A época do ano com mais roubos de carros

Cada período tem suas próprias peculiaridades, como mudanças de pneus nos períodos de inverno de verão ou verão de inverno, onde muitas pessoas substituem os pneus (e não para Construindo um saco de pancadas ao ar livre ou um dummy por eskrima) e encontra o carro apoiado no chão ou se tiver mais sorte nos tijolos clássicos.

Roubos de carros

Para que são utilizados os carros roubados

Carros roubados podem ser usados para diversos fins ilegais, dependendo das intenções dos ladrões.

Alguns usos possíveis incluem:

  1. Revenda: Os carros roubados podem ser vendidos no mercado negro ou desmontados para peças de reposição, de modo a obter lucros ilícitos.
  2. Cometer outros crimes: Os carros roubados podem ser usados para cometer outros crimes, como roubo, furto, transporte de substâncias ilegais ou como meio de fuga após cometer um crime.
  3. Transporte pessoal: Alguns ladrões podem usar carros roubados como transporte pessoal temporário para se mover de forma rápida e discreta, evitando atrair a atenção das autoridades policiais.
  4. Apresentações juvenis ou vandalismo: Em alguns casos, carros roubados são usados para apresentações ilegais de jovens ou vandalismo, como danificar ou destruir o veículo.
  5. Venda de peças de reposição: Os carros são desmontados e as peças são revendidas no mercado negro ou para mecânicos e fisiculturistas desonestos.
  6. Registro ilegal em outros países: Os carros são ilegalmente registrados e levados para outros países para serem revendidos.

É importante lembrar que todos esses usos são ilegais e podem resultar em sérias consequências jurídicas para os envolvidos no roubo ou uso de carros roubados.

Aqui está o guia para se defender e se proteger do roubo de carros:

1 – Não deixe o carro ligado e com as chaves inseridas.

Não faça isso nem por alguns momentos, por exemplo, enquanto você está em uma fila dupla para ir ao caixa eletrônico, ou para comprar cigarros porque eles podem ser decisivos para o roubo.

Os “ratos” se aproveitam da oportunidade.

2 – Janelas sempre totalmente fechadas e teto solar.

Eu sei que está quente e quando você volta para pegar o carro você não quer que seja um forno mas antes de deixar o carro fechar as janelas e o telhado.

Uma pequena janela de oportunidade pode ser uma passagem para ladrões que só precisam de alguns centímetros para abrir portões, entrar no compartimento do passageiro, colocar em movimento e fugir, ou tirar o conteúdo do seu carro.

Para um especialista leva apenas alguns segundos para fazer isso.

3 – Não deixe seu carro à noite em estacionamentos isolados ou autônomos.

Nesses casos, pode ser útil instalar algumas ferramentas de geolocalização (a função “Geofence”), fornecidas por alguns sistemas telemáticos a bordo do carro, que através de um aplicativo avisam se o carro sai da zona de risco, enquanto você não está a bordo.

4 – Passe todos os dias para ver o carro que você deixou estacionado.

Especialmente no verão quando você não usa o carro diariamente, verifique todos os dias que ele está estacionado no lugar onde você deixou.

Prontamente relatar qualquer roubo aumenta a possibilidade de encontrar o carro, especialmente se ele estiver equipado com um dispositivo de detecção de alta tecnologia.

De acordo com as estatísticas de LoJack, após 48 horas do roubo, as esperanças de encontrá-lo são drasticamente reduzidas.

5 – Observe cuidadosamente o lugar onde você estaciona.

Se há montes de fragmentos de vidro no chão, é sinônimo de uma área em risco de roubo ou vandalismo.

6 – Nem sempre estaciona no mesmo lugar, oshábitos dão lugar ao ladrão para organizar melhor o roubo.

7 – Cuidado com os golpes.

Cada vez mais ladrões usam um truque como um acidente falso.

Por exemplo, com a técnica do espelho, o arremesso de pequenas pedras na lateral do carro ou até mesmo um leve tamponade, etc.

Essa ação é feita para forçar os motoristas (especialmente mulheres e idosos) a parar, sair do carro e roubá-lo deles.

8 – Quando você fechar o carro.

Se você estiver no autogrill ou no estacionamento do shopping center e fechar o carro remotamente através de uma chave inteligente, verifique sempre manualmente se as portas foram fechadas.

Um ladrão, estacionado nas proximidades, pode ter perturbado o sinal com um bloqueador e, em seguida, entrou no veículo sem ser incomodado e aproveitou sua parada.

Eu vi isso feito em autogrill também.

9 – Proteja seu carro com um sistema mecânico antirroubo, mas acima de tudo com um de alta tecnologia.

O primeiro pode desencorajar ladrões menos equipados, o segundo (se eficaz) pode ser valioso em caso de roubo.

Um sistema de radiofrequência (não blindado e ativo mesmo em situações críticas, como dentro de contêineres ou em garagens subterrâneas) dobra a possibilidade de recuperar o carro roubado.

10 – Proteja a chave do seu carro, mantendo-a em um “protetor de cartão”.

Isso é usado para evitar a clonagem ou para bloquear o modo de roubo de “ataque de relé” de alta tecnologia cada vez mais difundido, com o qual ladrões, usando repetidores de radiofrequência, são capazes de reproduzir a comunicação entre o carro e sua chave, mesmo quando ele está distante.

Os roubos de veículos representam um grave problema social e criminal que causa danos consideráveis às vítimas e à sociedade como um todo.

É importante combater activamente esta forma de criminalidade através de medidas de prevenção, de uma aplicação rigorosa da lei e da sensibilização do público.

A colaboração entre a aplicação da lei, as comunidades e os indivíduos é fundamental para combater o roubo de carros e proteger a segurança das nossas estradas.

Além disso, é essencial que cada um de nós se comprometa a seguir as leis, a tomar medidas de segurança para proteger nossos veículos e a relatar prontamente qualquer atividade suspeita às autoridades competentes.

Somente por meio do compromisso coletivo podemos esperar reduzir a incidência de roubos de carros e garantir uma comunidade mais segura para todos.

O roubo de carros ainda continua sendo um mercado que aparentemente está se expandindo.

Se você tiver a oportunidade de colocá-lo em uma garagem ou em um estacionamento guardado especialmente durante as horas noturnas.
Muitos hotéis oferecem esse serviço e principalmente se for um carro muito atraente o risco aumenta.

Aplique essas dicas e tente complicar a vida desses “ratos de carro”.

Fiquem atentos!

Mentalidade de Luta de Rua

Andrea

Andrea
Andreahttp://expertfightingtips.com
Con una passione per la difesa personale e gli sport da combattimento, mi distinguo come praticante e fervente cultore e ricercatore sulle metodologie di allenamento e strategie di combattimento. La mia esperienza abbraccia un vasto panorama di discipline: dal dinamismo del Boxing alla precisione del Muay Thai, dalla tecnica del Brazilian Jiu-Jitsu all'energia del Grappling, dal Combat Submission Wrestling (CSW) all'intensità del Mixed Martial Arts (MMA). Non solo insegno, ma vivo la filosofia di queste arti, affinando costantemente metodi e programmi di allenamento che trascendono il convenzionale. La mia essenza si riflette nell'autodifesa: Filipino Martial Arts (FMA), Dirty Boxing, Silat, l'efficacia del Jeet Kune Do & Kali, l'arte della scherma con coltelli e bastoni, e la tattica delle armi da fuoco. Incarno la filosofia "Street Fight Mentality", un approccio senza fronzoli, diretto e strategico, unito a un "State Of Love And Trust" che bilancia l'intensità con la serenità. Oltre al tatami, la mia curiosità e competenza si spingono verso orizzonti diversi: un blogger professionista con la penna sempre pronta, un bassista dal groove inconfondibile e un artigiano del coltello, dove ogni lama è un racconto di tradizione e innovazione. Questa sinfonia di abilità non solo definisce la mia identità professionale, ma dipinge il ritratto di un individuo che nella diversità trova la sua unica e inconfondibile voce e visione. Street Fight Mentality & Fight Sport! Andrea

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

SELF DEFENCE

FIGHT SPORT

Popular Articles

error: Content is protected !!