in , ,

Você deve se especializar em autodefesa.

plagio-diariomedico Você deve se especializar em autodefesa.

Você deve se especializar em autodefesa, não “se estabelecer” se você realmente quer construir uma profissão com conteúdo de qualidade para a formação de seus alunos/clientes e não vender fuffa.

Por que gosto de especializações e não sistemas em autodefesa?

Tento explicar meus pensamentos para você.

Cada vez mais vemos artes marciais e sistemas distorcidos de sua origem para tentar suprir as deficiências do próprio sistema tão reverenciados e elogiados.

Eu nunca gosto quando uma arte marcial assume as conotações de uma religião com todas as respostas para todos os “problemas” dentro.

Um exemplo acima de tudo, muitas vezes existem sistemas que não contemplam o uso de técnicas em solo de luta, um limite importante e intransponível que obriga os instrutores a recuar de suas crenças infundadas e incluir em técnicas de treinamento de luta que estudam secretamente indo para participar de cursos de Jiu-Jitsu brasileiro ou wrestling e, em seguida, inserem em seus cursos passando-os como algo de seu sistema.

Não, não, não! Nunca distorça sua origem porque você está construindo um monstro sem cabeça ou cauda.

Hoje não é mais possível negar a eficácia da luta no chão!! Ou a eficácia do muay thaiclinch!! etc. mas essa consciência tem um preço que requer seu comprometimento e humildade.

Ps. Não falo com vocês agora sobre as especializações contextualizadas em autodefesa porque as técnicas nessas atividades devem ser revistas em uma perspectiva diferente! Vou dedicar um ensino específico sobre este tema.

Especializações e especialização em autodefesa

O que é necessário é especialização,por isso é inútil fazer Krav Maga Jitsu, é inútil fazer Wing Chung anti grappling, Systema Jitsu, sistema de nome e sobrenome, etc.

Você quer aprender a luta? Faça a luta e chame-a pelo nome dela!

O combate será o conjunto de suas artes marciais construídas com suas habilidades, vai construir seu sistema de combate pessoal que não precisa ser uma colagem de técnicas tomadas aqui e ali, não é assim que funciona, mas um conjunto de habilidades e competências que se adaptam à condição do momento.

Você não precisa “evoluir” a arte marcial que você estuda você tem que evoluir aumentando suas habilidades, mas sem distorcer a própria arte marcial com suas peculiaridades, seus méritos e seus defeitos.

Nenhuma arte marcial é perfeita!

Muitas vezes a necessidade de “encher o recipiente” surge mais do fato de satisfazer as expectativas de pessoas que gostariam de encontrar uma solução única, um optivo completo de artes marciais,mas não pode ser assim.

Para suprir a insegurança das pessoas, são vendidas soluções que devem responder à solução perfeita que tem tudo o que você precisa.

Sabe alguma coisa na vida que seja assim? Em algum campo? Em qualquer setor?

Você tem que se especializar nos diferentes setores, esse é o caminho correto, não pegue algo aqui e ali pensando que para que você tenha a resposta para cada solução, não funciona assim.

Especializações

Desenvolver e se especializar em múltiplas habilidades permite que você faça escolhas sobre sua estratégia de combate ou adapte-a ao tipo de oponente/agressor, mas é claro que se você não tem as habilidades você dificilmente pode fazer isso e não basta conhecer alguma técnica tomada aqui e ali.

A arte marcial é um processo não comercial e é necessário saber como responder a uma determinada entrada, pois você nunca encontrará a condição padrão que muitos cursos querem vender para você.

Em combate as variáveis em jogo são tantas que não podem ser banalizadas com um “se ele fizer isso você responde assim” porque o mesmo tipo de ataque segundo a pessoa pode variar em velocidade, trajetória, fingimentos, sequência, distância, altura, posição, etc. etc. então sua resposta deve ser automaticamente adaptada de acordo com a entrada que você recebe para isso é chamada de arte, não há limites, exceto os de um ser humano.

Comece a aceitar essa lei universal:

Em combate é o homem que faz a diferença não a arte marcial que você pratica.

O que realmente muda são os métodos de treinamento que desenvolvem os atributos para o combate.

Agora, voltando ao discurso de antes não coloque em suas técnicas de arte marcial tomadas aqui e ali como se fosse uma colagem porque não responde a um certo estímulo, não faz sentido que distorça as peculiaridades de sua arte.

Não é uma paternidade intelectual, mas uma ética marcial

Atenção!! Eu não faço disso uma questão de autoria da técnica, eu não me importo porque você vê que não é o seu campo, talvez seu aluno inexperiente não note isso, mas um aluno seu que está interessado em Krav Maga ou Wing Chung mas é faixa preta de Jiu-Jitsu (mas apenas um faixa azul) ele vê que você está atirando besteira e você iria arruinar sua reputação que também pode ser bom em sua área.

b8bfc84a02efb513b08be9aa9b74640e Você deve se especializar em autodefesa.

Eu não peguei as artes aleatoriamente, mas porque é o que muitas vezes se vê ser feito para que ninguém se sinta ofendido porque o meu é um conselho e com o maior respeito pelas artes que eu também pratiquei.

Então, se você quer mostrar alguma técnica retirada do Jiu-Jitsu brasileiro faça isso porque é bonito, mas explique de onde vem, ou estude e abra cursos de Jiu-Jitsu, mas não coloque as coisas no ar aleatoriamente para preencher os limites do seu sistema, porque você está criando uma contradição.

Você tem que se especializar em cada sistema vai enfatizar os pontos fortes e fracos que devem ser preenchidos indo estudar como eu disse várias vezes outras artes marciais.

Não faça uma cópia e cole, mas se especialize.

pastejacking-attack-targetting-users-clipboards-could-allow-an-attacker-to-execute-malicious-code Você deve se especializar em autodefesa.

Pressa e atalhos neste campo são uma ilusão para roubá-lo

Nas artes marciais você não precisa de pressa, mas um passo constante dia após dia e um bom professor que te guia, que te inspira, e te mantém o mais abertamente possível para nunca desligar sua curiosidade e desejo de aprender.

Se você quer juntar tudo em pouco tempo porque você acha que ter tantas coisas “em” para ser mais seguro, eu sinto muito desapontá-lo, artes marciais não funcionam assim.

Eu já escrevi um artigo sobre artes marciais 7+1 que considero essencial qualquer que seja seu interesse marcial para se tornar realmente eficaz.

Isso não significa que você tem que abandonar sua arte, mas para começar a inserir outros destes um pouco ao longo do tempo, isso é importante para você.

Esse é o meu conselho!

Mesmo que você faça artes tradicionais, porque é certo que você respeite sua paixão e personalidade, mas isso não significa que você não pode fazer algumas das artes que eu recomendei para você.

Você ainda tem que sair da sua zona de conforto!

fish-outta-school-scaled Você deve se especializar em autodefesa.

Todos os dias um passo extra

Você nunca deve parar de estudar neste campo porque há sempre para aprender.

Cci são exemplos incríveis de humildade nesse sentido, como o Guru Dan Inosanto, que continua a estudar outras artes marciais como se fosse um estudante que coloca a faixa branca e é uma biblioteca viva de artes marciais.

Se um verdadeiro guru como Dan Inosanto que é uma lenda viva no mundo das artes marciais não acha que é uma boa abordagem para si mesmo sentir-se chegado ou envergonhado de ser um cinturão branco em uma certa arte.

Quanto mais coisas você aprende, menos coisas você usa…
mas para si mesmo, para fazer menos, você tem que aprender muito. (Jean Jaques Machado)

Considere que sua experiência não está perdida e a curva de aprendizado não é a mesma, você pode se surpreender com a rapidez com que você aprende em comparação com o passado, mas você deve ter a humildade e o desejo de aprender uma nova arte onde você não é um especialista.

Esta abordagem se tornará o turbo em sua arte marcial, evoluirá sua abordagem para o combate, tudo assumirá uma nova perspectiva.

A arte marcial é uma pesquisa, mas sempre respeita o que você aprende com os outros chamando-a pelo nome.

Fiquem atentos! Você precisa se especializar em autodefesa.

Street Fight Mentalidade e Esporte luta

Andrea

What do you think?

Written by Andrea

Instructor and enthusiast of Martial Arts and Fight Sport.

- Boxing / Muay Thai / Brazilian Jiu Jitsu / Grappling / CSW / MMA.
- Self Defence / FMA / Dirty Boxing / Silat / Jeet Kune Do & Kali / Fencing Knife / Stick Fighting / Weapons / Firearms.

Street Fight Mentality & Fight Sport! State Of Love And Trust!

Other: Engineer / Professional Blogger / Bass Player / Knifemaker

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *